Notícias

Clube da Leitura da FACCAT desenvolve novas atividades neste semestre 17/09/2017

Neste segundo semestre, as Faculdades FACCAT, em parceria com a Editora Companhia das Letras, retomaram as atividades do Clube da Leitura. No primeiro encontro, os participantes discutiram o livro Retalhos (HQ), de Craig Thompson, uma das graphic novels mais premiadas dos últimos tempos.

Retalhos é um relato autobiográfico da vida no Meio Oeste americano. Thompson retrata sua própria história, da infância até o início da vida adulta, numa cidadezinha de Wisconsin, no centro dos Estados Unidos, que parece estar sempre coberta pela neve. Seu crescimento é marcado pelo temor a Deus — transmitido por sua família, seu colégio, seu pastor e as trágicas passagens bíblicas que lê —, que se interpõe contra seus desejos, como o de se expressar pelo desenho.

Ao mesmo tempo Thompson descreve a relação com o irmão mais novo, com quem ele dividiu a cama durante toda a infância. Conforme amadurecem, os irmãos se distanciam, episódio narrado com rara sensibilidade pelo autor.

Com a adolescência, seus desejos se expandem e acabam tomando forma em Raina — uma garota vivaz, de alma poética e impulsiva, quase o oposto total de Thompson — com quem começa a relação que mudará a visão que ele tem da família, de Deus, do futuro e, enfim, do próprio amor. Retalhos traz as dores e as paixões dos melhores romances de formação — mas dentro de uma linguagem gráfica própria e extremamente original.

A coordenadora dos cursos de Pedagogia e de Letras e mediadora do Clube de Leitura, professora doutora Luciana Ferreira Leal, informou que o projeto trabalhará com os seguintes livros neste segundo semestre: “Não está mais aqui quem falou”, de Noemi Jaffe; “Quarenta dias”, de Maria Valeria Rezende; e “A vida invisível de Eurídice Gusmão”, Martha Batalha.

Os objetivos do Clube da Leitura são: promover a democratização do acesso à leitura e à experiência da leitura; contribuir para a formação de um público leitor, crítico e criativo; incentivar o debate, interação e a socialização do conhecimento entre os participantes; e criar espaços de compartilhamento e troca de conhecimentos e interpretações. “Estão participando do projeto alunos dos cursos de Jornalismo, Publicidade, Pedagogia, Pós em Literatura e Ensino e Psicopedagogia”, informou a professora.